segunda-feira, 4 de março de 2013

"O motivo pelo qual aguento firme com um sorriso no rosto, fingindo que nada me atinge, é o simples fato de que preciso fazer que este buraco do meu peito desapareça por completo, abrindo espaço para que assim a vida realmente me traga “coisas” boas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário